Bitcoin bate recorde e passa de R$ 100 mil no Brasil

Sem categoria

O Bitcoin bateu um novo recorde de preço no Brasil e seu valor, nesta sexta, 20, passou de R$ 100 mil.

A valorização do BTC em 2020 no pais passou de 100%,  já que em 01 de janeiro deste ano o criptoativo estava cotado a R$ 29.500.

“Não existe uma resposta exata para quando o Bitcoin vai bater à máxima histórica de 2017, mas a criptomoeda está muito perto e já entregou 350% de ganho somente esse ano. Acredito que superamos os $20mil ainda em 2020, fazendo uma nova máxima histórica e uma nova marca de capitalização de mercado acima dos $335 bilhões de dólares”, disse João Canhada, CEO da Foxbit.

Já para Bernardo Schucman, CEO da FastBlock o ativo pode passar de R$ 110 mil no Brasil.

“Acredito que até o final de 2020 o Bitcoin eleve o preço e chegue até a casa dos $18.550 e $20.000. Esse aumento é por conta de diversos veículos financeiros, novos ETFs e fundo de investimentos, que o mercado financeiro tradicional criou durante o ano de 2020, fazendo com isso que o volume de compra (booking order) seja muito maior do que a média histórica. Além disso, o movimento dos últimos anos do aumento do hash rate em solo americano, que trouxe maior credibilidade para o bitcoin no mercado financeiro local, fazendo com que os americanos invistam com mais segurança, por conta do hash rate do bitcoin não estar implementado apenas em países como a China, essa descentralização também é um dos fatores desse aumento do preço do Bitcoin”, afirmou.

 

LEIA MAIS

Fonte Cointelegraph

Last modified: 20 de novembro de 2020