Bitcoin pode e será apreendido por ordem judicial, diz Craig Wright, ‘criador’ do BTC

Sem categoria

O autoproclamado criador do Bitcoin (BTC), Craig Wright, afirma que o Bitcoin pode e será apreendido para cumprir ordens judiciais.

Em 26 de fevereiro, o influenciador do Bitcoin, Peter McCormack, publicou capturas de tela mostrando Wright alegando que a primeira apreensão do Bitcoin pelos tribunais acontecerá este ano e não exigirá chaves privadas.

Apreensão de Bitcoin através de coordenação com mineradores

Isso supostamente acontecerá através da coordenação com o minerador, para cumprir uma ordem judicial. Ele concluiu:

“Sem chaves, o BTC será confiscado. Código é lei, e os tribunais podem exigir código de correção. Bitcoin não é criptografado. É econômico.”

Na segunda e última captura de tela, Wright pede uma lista de empresas que perderam Bitcoin, como exchanges hackeadas. Ele afirmou que quer “garantir que as pessoas recebam seu dinheiro de volta a partir deste ano”. Ele disse:

“Veja bem, o Bitcoin é facilmente confiscado e pode ser facilmente devolvido ao proprietário.”

Os críticos de Wright reagem

William Shatner, a estrela da cultura pop e ator que interpretou o Capitão Kirk na série Star Trek original, expressou recentemente a ideia de que Wright não é o criador do Bitcoin. Ele disse:

“Pergunte a si mesmo por que alguém alegaria ser Satoshi e não ofereceria nenhum tipo de prova? Deve provar ou calar a boca, certo?

Logo depois, Changpeng Zhao, cofundador e CEO da grande exchange de criptomoedas, Binance, disse que Wright “é uma fraude”. Ao explicar mais tarde o motivo pelo qual ele disse isso, ele disse ao Cointelegraph:

“Ele afirma ser o fundador do Bitcoin, Satoshi Nakamoto, o que é uma mentira. Ele prejudica a credibilidade do Bitcoin e é uma vergonha para toda a nossa indústria.”

Fonte Cointelegraph

Last modified: 27 de fevereiro de 2020