CEO da Polychain diz que suposta stablecoin do Facebook deveria ser pública

Sem categoria

O CEO da Polychain Capital Olaf Carlson-Wee acredita que o Facebook deveria ser esperto e construir a infraestrutura de sua stablecoin em uma blockchain aberta e pública. Carlson-Wee deu as declarações na Consensus 2019 durante o painel “To the Moon and Back” de 15 de maio.

Carlson-Wee explicou que a plataforma blockchain a que ele se refere é parecida com a do Bitcoin, em que o criador renuncia controle sobre a plataforma construída. Ele diz que a iniciativa seria benéfica para o gigante de social media:

“Eu acho, considerando todos os problemas que o Facebook teve com o policiamento de sua plataforma e coisas assim, que o movimento estratégico para o Facebook seria realmente construir infraestrutura pública. E essa infraestrutura pública poderia ser incorporada em todas as plataformas do Facebook. Ou seja, essa infraestrutura, se eles não tentarem centralizá-la, pode ser onde eles terão mais sucesso. ”

Carlson-Wee nota que os benefícios adicionais em caso de renúncia de controle sobre a plataforma seria que eles também evitam a responsabilidade por polêmicas dentro da plataforma; ele compara a situação com a criação da internet:

“As pessoas que fizeram a internet não são responsáveis por tudo que dizem na internet.”

O CEO continuou falando sobre sua visão ampla sobre as criptomoedas, de que elas podem ser usados como uma reserva de valor acessível e comum. Ele disse:

“Se grandes empresas de tecnologia querem colocar seus recursos na construção de infraestrutura de criptografia peer-to-peer pública, eu ficaria em êxtase ”.

Como já publicado pelo Cointelegraph, uma fonte anônima disse à Bloomberg que o Facebook lançaria sua própria criptomoeda, supostamente uma stablecoin, em algum momento do terceiro trimestre de 2019. Fontes do Wall Street Journal disse que o Facebook está buscando investimento de até US$ 1 bilhão para financiar a esperada “FB Coin.”

Fonte Cointelegraph

Last modified: 16 de maio de 2019