Power Ledger fecha acordo para lançar blockchain de negociação de energia no Sul da Austrália

Sem categoria

A empresa australiana de energia em blockchain Power Ledger fechou uma parceria com um varejista de energia local para lançar sua tecnologia no sul da Austrália. O software baseado em blockchain da Power Ledger permitirá que os australianos associem seu excesso de armazenamento de energia solar e de bateria a uma usina de energia virtual para maior controle e gerenciamento sobre o uso de energia.

Acordo comercial com o atacadista australiano de eletricidade Powerclub

Como parte da parceria, a Power Ledger vai integrar seu aplicativo virtual de comércio de energia baseado em blockchain Virtual Power Plant (VPP) a uma oferta comercial da atacadista australiana de eletricidade Powerclub, conforme anunciou a empresa em 7 de novembro.

Da mesma forma que outras iniciativas recentes da Power Ledger, o novo projeto pretende fornecer aos usuários acesso aos preços de eletricidade no atacado, reduzindo os custos anuais de energia.

Essencialmente, os membros da Powerclub poderão reunir suas reservas de energia solar e de bateria para atuar como um VPP, uma usina distribuída baseada em nuvem, projetada para aprimorar a geração de energia e fornecer a negociação de energia. Assim, os usuários poderão vender energia solar durante períodos de alta demanda de eletricidade e picos de preços, observa o comunicado.

Power Ledger visa descentralizar e democratizar o setor de energia

O objetivo é que a tecnologia permita que os australianos tenham controle sobre o quanto usam de energia e quanto pagam por isso, evitando custos e encargos adicionais dos fornecedores de eletricidade, como observa a nota.

Jemma Green, cofundadora e presidente da Power Ledger, observou que o futuro do setor elétrico será descentralizado e democratizado, assim como o que aconteceu a indústria de táxis com a chegada aplicativos de compartilhamento de viagens como Uber e Ola. “Você não precisa mais ser uma grande empresa de eletricidade para comoditizar energia”, afirmou Green.

No comunicado, a Power Ledger diz que o novo acordo comercial é o primeiro lançamento em larga escala de sua tecnologia de negociação de energia. O acordo dá sequência aos primeiros pilotos de negociação de energia da Power Ledger na Austrália Ocidental, lançados em setembro de 2019.

No início de outubro, a empresa anunciou outro teste de negociação de energia baseado em blockchain na região de Kanto, no Japão, seu segundo teste no país, que deve ser concluído em dezembro de 2019.

Fonte Cointelegraph

Last modified: 8 de novembro de 2019